Caminhada pelos Direitos da População em Situação de Rua

A Caminhada pelos Direitos da População em Situação de Rua, é um  evento realizado  em parceria entre o Centro POP, Casa da Acolhida, Associação Melhor Viver e Serviço de Abordagem Social.  Será realizado no dia 17/08/2018, sexta feira, às 08:30 horas, com saída na Concha Acústica e chegada no coreto do Paraguaizinho.

O evento é alusivo ao Dia Nacional de Luta pelos Direitos da População em Situação de Rua (19/08), com referência ao Massacre da Sé ocorrido em  agosto de 2004.

O público alvo são os usuários dos serviços do centro POP, abrigos, abordagem social e comunidade em geral.

Anúncios

Semana da Pessoa com Deficiência

O Conselho Municipal de Direitos da Pessoa com Deficiência, a  Fundação de Assistência Social de PG e a Secretaria Municipal de Políticas Públicas Sociais convidam para a Semana da Pessoa com Deficiência que acontecerá de 21 a 24 de agosto de 2018. Confira a programação:

Censo SUAS 2018

Já foram disponibilizados os formulários para preenchimento do Censo SUAS 2018 referentes aos  CRAS, Centros de Convivência (SCFV), CREAS, Centro POP, Centro Dia e Fundo Municipal de Assistência Social. Os formulários referentes ao Serviço de Acolhimento, Família Acolhedora,  Gestão Municipal e Conselho ainda não estão disponíveis. Assim que tivermos acesso estaremos publicando aqui no blog. Baixe os formulários:

Todas as unidades públicas e entidades inscritas no CMAS devem preencher o formulário referente ao serviço ofertado e entregar no Departamento de Gestão do SUAS até 17 de setembro, para que a equipe da FASPG possa digitar as informações no sistema do Ministério do Desenvolvimento Social.

Lembramos ainda que, todas as unidades, públicas e privadas, devem atualizar o Cadastro de Funcionários do SUAS – CADSUAS. Para tanto, devem informar o nome, CPF e data de saída  dos funcionários que deixaram o serviço no período de agosto de 2017 a agosto de 2018, bem como preencher a ficha cadastral para os novos funcionários que entraram no serviço no mesmo período. As informações podem ser enviadas através do e-mail: gestaosuas.faspg@gmail.com

Ouvidoria da FASPG

A Ouvidoria da Fundação de Assistência Social de Ponta Grossa foi criada pela Lei Municipal nº 13.010, de 30 de Novembro de 2017, a partir da reestruturação da Política Municipal de Assistência Social no âmbito municipal, sendo um importante canal de comunicação entre a população pontagrossense e a gestão pública municipal, no exercício da democracia.
A Ouvidoria da Assistência Social poderá ser utilizada para a realização de sugestões, reclamações, tirar dúvidas ou fazer elogios sobre o atendimento nos serviços programas e projetos vinculados à Política Municipal de Assistência Social por qualquer cidadão,através dos seguintes canais de atendimento:
  • Ligação telefônica através do número 156, onde sua manifestação será registrada e encaminhada a nossa Ouvidoria;
  • Através do email institucional da Ouvidoria: ouvidoria.faspg@pontagrossa.pr.gov.br, fornecendo todos os dados referentes à manifestação;
  • Pessoalmente na sede da Ouvidoria, situada na Rua Joaquim Nabuco, nº 59- Centro, no prédio do Centro de Ação Social;
  • Através do contato telefônico (42) 3026-9554, em linha direta com o Ouvidor.
Orientamos à comunidade em geral para  que tenha em mãos todas as informações necessárias, contribuindo para que sua manifestação seja atendida o mais breve possível.
Maiores informações ou dúvidas poderão ser esclarecidas diretamente com o Ouvidor na sede da Fundação de Assistência Social ou através do número  (42) 3026-9554.
Sua opinião é nossa maior motivação!

CMAS aprova Resolução sobre carga horária do RT

O Conselho Municipal de Assistência Social aprovou, através da Resolução nº 28 de 25/07/2018, publicada no Diário Oficial do Município em 01/08/2018,  a carga horária dos Responsáveis Técnicos pelos  serviços executados por entidades financiadas com recursos municipais, estaduais e/ou federais da Assistência Social.

Visando a garantia da qualidade do atendimento aos usuários dos serviços socioassistenciais, a carga horária do Responsável Técnico deverá ser de 30 horas semanais. No caso  de entidades mantenedoras em que um mesmo profissional for responsável  por de mais de um serviço, deverá ser garantida a presença de um profissional de Serviço Social com carga horária de 30 horas semanais em cada unidade/serviço.

Atividades no Centro-Dia da APROAUT

Foi realizado ontem e hoje (24 e 25 de julho) atividades de musicalização e integração social. A APROAUT é uma das entidades que também realizam  o Serviço de Proteção Social Especial de Média Complexidade para PCD, idosos e suas famílias, atendendo atualmente 85 usuários.

 

Atividades do Centro-Dia da APAE

Foi realizado hoje um passeio com os usuários do Centro-Dia da Apae no Parque Monteiro Lobato. A APAE realiza o Serviço de Proteção Social Especial de Média Complexidade para PCD, idosos e suas famílias, atendendo atualmente 75 usuários.

Feijoada Beneficente para Casa da Acolhida

A Vila Vicentina convida a todos para uma deliciosa feijoada em prol da Casa da Acolhida, no dia 21/07 (sábado)  às 12 horas no Salão do Asilo São Vicente de Paulo.

Seminário “A outra face do autismo”

Acontecerá no dia 19 de julho no Teatro Principal da Universidade Estadual de Ponta Grossa, o evento “A outra face do autismo” conjuntamente com uma exposição fotográfica, com início as 9h30 até as 17h30. A entrada será a doação de um produto de limpeza que será repassado para a entidade Associação de Proteção aos autistas (APROAUT). O evento será aberto para a comunidade.

Festa Julina CEPRAF e APADEVI

Festa da CEPRAF aconteceu na semana passada dia 11 de julho:

Festa da APADEVI que aconteceu no dia 13 de julho:

“Arraiá” da AAPNENSEL

Neste domingo,  dia 08 de julho,  a partir das 14:30 horas acontecerá a festa julina interna para as usuárias, familiares, funcionários e diretoria da AAPNENSEL.

As usuárias da entidade, que atende mulheres com deficiência  em modalidade de Residência Inclusiva, estão muito felizes aguardando o “arraiá”, onde elas terão quadrilha, brincadeiras, bingo e muita diversão.

Formulário Anual de Monitoramento 2018

Lembramos a todas as entidades que possuem Termos de Colaboração com a FASPG, bem como as unidades públicas (CRAS, CREAS, Centro POP e Acolhimentos) que o prazo para entrega do Formulário Anual de Monitoramento da Rede Socioassistencial  é em 31 de agosto de 2018.

Os modelos estão disponíveis aqui no blog, no link:

Capacitação para entrevistadores do CADÚNICO

O escritório regional da SEDS de Ponta Grossa iniciou ontem, 26/06,  mais uma edição do curso de entrevistadores do Cadúnico para profissionais das equipes dos municípios da região. O curso está sendo realizado em parceria com a FASPG – Fundação de Assistência Social de Ponta Grossa e Faculdades Cescage.
Através do curso espera-se a qualificação do atendimento dos usuários da política de assistência social e fortalecimento da capacidade de proteção social na região. Ao todo 28 profissionais de 15 municípios estão participando do processo.

Caderno de Orientações Técnicas do PETI

O MDS – Ministério do Desenvolvimento Social lançou um novo Caderno de Orientações Técnicas para o aperfeiçoamento da gestão do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – PETI.

O documento é resultado da avaliação qualitativa realizada sobre a execução das ações estratégicas do PETI,  com o apoio da OIT e envolveu gestores e técnicos nos níveis federais, estaduais e municipais, além de crianças e adolescentes afastados do trabalho infantil, juntamente com suas famílias, sendo um instrumento para orientação do papel da política de Assistência Social articulada com outras políticas intersetoriais e a sociedade civil e na prevenção e erradicação do trabalho infantil. Para baixar o documento em formato PDF, clique no link abaixo:

Aniversário da APADEVI

A Associação de Pais e Amigos do Deficiente Visual – APADEVI de Ponta Grossa, promoveu no  dia 21/06 um culto ecumêncico  em comemoração aos 33 anos da entidade. Fundada em 22 de Junho de 1985,  a APADEVI é uma ONG, sem fins lucrativos, que visa a inclusão das  pessoas com deficiência visual total e/ou com baixa visão na sociedade para exercer seu papel de cidadão de direitos e deveres. Confira as fotos do evento: